Formação Acadêmica

  • Mediadora do PEI – Programa de Enriquecimento Instrumental – Tecnologia de Estimulação Cognitiva focada na organização e fortalecimento do raciocínio organizado em atividades que visam o enriquecimento das funções cognitivas e executivas – Feuerstein Institute – Israel – Instituto CBM Brasil;
  • OIPR (Organisation Internationale de Psychomotricité Et de Relaxation) – Paris/França CIST Nº17569;
  • Instituto Superior de Psicomotricidade e Educação – ISPE-GAE-SP;
  • Intervenção para uma melhor Harmonia Psicomotora – CISERP – Verona/Itália;
  • Especialista em Pedagogia Aplicada à Educação Infantil e Ensino Fundamental.

Histórico Profissional

  • FUNDADORA E PSICOMOTRICISTA
    Clínica Psicomotora Vania Araujo 2018 – atualmente
  • PEDAGOGA
    Escola Lourenço Castanho 2014 – 2019
  • PEDAGOGA
    Escola Móbile 2006 – 2013

Trabalho Realizado

Projeto Terapêutico Psicomotor

Este vídeo mostra o trabalho e o desenvolvimento motor e cognitivo de uma paciente com uma síndrome genética rara, nomeada Síndrome de Kabuki. As sessões terapêuticas psicomotoras contribuem para a qualidade de vida da paciente, que apresenta um atraso de desenvolvimento global nas áreas: motoras, cognitivas e afetivas.

Assista outros vídeos clicando nas imagens abaixo!

Atividade terapêutica com foco no desenvolvimento do freio inibitório, controle da criança do seu corpo, ou seja, quando ela planeja e realiza o movimento sem impulsividade, direcionando sua ação com mais força ou menos força, e mantendo o equilíbrio

Terapia psicomotora, atividade com foco na necessidade de regulação do paciente do freio inibitório, controle tônico, coordenação óculo-manual e dissociação de digitais.

O cérebro necessita de grandes populações de neurônios, atuando de forma coordenada para representar e gravar uma memória a partir das experiências realizadas através do corpo. O hipocampo (área chave da memória corporal) permite transformar lembranças e experiências diárias, em conhecimento e ideias. Representação gráfica partindo do corpo e escrita na lousa trabalhando a articulação do ombro projetando a letra na horizontal.

Atividade terapêutica de organização espacial, estimulação da consciência da relação do corpo com o meio em que está inserido, escuta atenta, atenção sustentada, ritmo da marcha e equilíbrio. Quando a atividade propicia deslocamentos em um campo espacial limitado, à medida que se vai utilizando mais, cria-se um campo espacial próprio que ao ser estimulado da origem a uma modificação cognitiva permanente.

Esta atividade terapêutica de praxia fina, movimento de pinça, trabalha habilidades como: dissociação de dedos, tonicidade, coordenação de forma ordenada dos pequenos músculos dos dedos. Este trabalho psicomotor realizado no acompanhamento terapêutico, possibilita o desenvolvimento adequado para o aprendizado prazeroso da escrita da criança na fase escolar.

Atividade realizada com uma paciente diagnosticada com síndrome de kabuki, com déficit intelectual e de linguagem, atraso de desenvolvimento global. No projeto terapêutico o trabalho com encaixe desenvolve a coordenação óculo manual, a praxia fina, o raciocínio lógico, operações mentais, como por exemplo, classificar e comparar, e a concentração.

O Programa de Estimulação Cognitiva desenvolve a metacognicão, através de uma interação humana organizada, direcionada e planejada, por meio da mediação, onde o foco não é a resposta e sim o processo de elaboração.

As AVD’s, atividades de vida diária, por exemplo, são muito importantes no desenvolvimento da psicomotricidade das mãos. É através delas que os seres humanos aprendem a manusear diferentes modelos de movimentos e depois os generalizam.